Grandes empresas exigem grandes parceiros.

ONGs, institutos governamentais, associações de solidariedade, universidades e centros de estudos e pesquisa: são muitos os parceiros com quem colaboramos há mais de 20 anos para salvar da pobreza a comunidade rural do nosso país.

Uma profunda compreensão e uma colaboração enriquecedora foram criadas com cada parceiro. É por isso que queremos listá-los um a um, agradecendo-lhes sinceramente pela confiança, entusiasmo e profissionalismo em nos apoiar nos nossos esforços diários.

Instituições governamentais e paraestatais na Guiné-Bissau
  • Ministro da Agricultura, Floresta e Desenvolvimento Rural
  • Instituto Nacional de Pesquisa Agrária (INPA)
  • Instituto Nacional da Biodiversidade e das Áreas Protegidas (IBAP)
  • Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa (INEP)
Organizações não governamentais / Associações de solidariedade internacional
  • Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA-ONU Projets
  • REDE et PADES) ONG-UNIVERS-SEL (França)
  • AFD (França)
  • SWISSAID (Suíça)
  • PAM (Sistema das Nações Unidas)
  • ONG-ByC (Espanha)
  • AACID (Espanha)
  • FAO (Sistema das Nações Unidas)
  • Fondation Seed – Soil & Culture (EUA)
  • Association LEAD (Suíça)
  • Mouvement NSS (Senegal)
  • Association TADEH (Espanha)
Universidades e centros de estudos e pesquisa
  • FCUL – Lisbonne (Portugal)
  • TROPIBIO – Universidade do Porto-CIBIO (Portugal)
  • Universidade Amilcar Cabral (UAC) Bissau – Guiné-Bissau
  • Universidade LUSOPHONE (Bissau) – Guiné-Bissau
  • ISA – Instituto Superior de Agronomia (Portugal)
  • CENTROP (Portugal)
Colaborações fechadas
  • A Graduate School of Design – Harvard University (EUA)
  • ONG-ICCO (Países Baixos)
  • ONG-PyD (Espanha)
  • AECID (Espanha)
  • Fondation New-Field (EUA)
  • ONG Panafricaine RADI (Senegal)
  • OXFAM-UK
  • OXFAM-USA
Como colaboramos com os nossos parceiros

O entusiasmo é uma língua que todos conhecem.

Rostos entusiasmados com a participação: são os dos nossos parceiros e patrocinadores que nos apoiam e que muitas vezes nos visitam pessoalmente para conhecer o cerne do nosso trabalho em equipa.

São instituições privadas, ONGs, organismos governamentais, universidades em todo o mundo e particulares que nos têm ajudado há mais de 20 anos derrotar a pobreza e a marginalização social num número cada vez maior de aldeias rurais no nosso país.

Uma reunião virtual ou no coração da floresta?

Os projetos da Federação Kafo concretizam-se graças a reuniões periódicas que acontecem virtualmente ou presencialmente, talvez entre as árvores centenárias da nossa sede rural em Djalicunda.

Durante estas reuniões em que participam profissionais da Kafo, líderes de aldeia ou mulheres líderes de projetos rurais e, por vezes, também os nossos parceiros, são avaliadas necessidades, delineadas possíveis soluções, cada um contribuindo com o próprio conhecimento, visão e experiência.

Por fim, os participantes de cada projeto mantêm-se em contacto constante entre si graças a novas reuniões e relatórios detalhados. Esta forma de trabalhar torna o papel do patrocinador particularmente profícuo e estimulante, tornando-se parte ativa na definição de projetos e um observador privilegiado das mudanças que ocorrem, mês após mês, na realidade económica e social de aldeias e regiões inteiras do país.

Queres ser um patrocinador?